O plano de Deus no casamento

"Então o Senhor Deus declarou: 'Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que lhe auxilie e lhe corresponda'. (...) Todavia não se encontrou para o homem alguém que o auxiliasse e lhe correspondesse. Então o Senhor Deus fez o homem cair em profundo sono e, enquanto este dormia, tirou-lhe uma das costelas, fechando o lugar com carne. Com a costela que havia tirado do homem, o Senhor Deus fez uma mulher e a levou até ele. Disse então o homem: 'Esta, sim, é osso dos meus ossos e carne da minha carne! Ela será chamada mulher, porque do homem foi tirada'. Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher , e eles se tornarão uma só carne." (Genesis 2. 18, 20b-24)

Introdução

Muito se tem falado sobre casamento, os programas de TV estão iniciando sobre separação, os filmes colocam separação como coisa normal do casamento, outros até falam sobre uma nova relação mais feliz que a primeira. Mas, entra ai uma pergunta: Casamento é da vontade de Deus? Então por que separar?

A Palavra nos dá respaldo para a separação por adultério, "Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério." (Mateus 19. 9); ou a separação pela morte, "A mulher está ligada a seu marido enquanto ele viver. Mas, se o seu marido morrer, ela estará livre para se casar com quem quiser, contanto que ele pertença ao Senhor." (1 Coríntios 7. 39). Ao ver o que a Palavra nos diz fica claro que casamento é projeto de Deus, e há salvação para o casamento!

Algumas provas do casamento como projeto de Deus:

  • Deus não criou o ser humano para ser solitário.
A união entre duas pessoas diferentes faz parte do propósito de Deus para a humanidade. O ser humano em si tem um vazio e carência que só pode ser solucionado pela união do casamento. Para muitos o casamento atrapalha o plano financeiro, atrapalha o desenvolvimento empresarial, atrapalha quando vem filhos, etc.; isso tudo não passa de engano satânico! Filhos, casamento, noivado e namoro não atrapalha ninguém, às vezes colocamos o problema da falta de administração no conjugue, mas na verdade o conjugue não é o problema.

Deus conhece tanto a sua criação ao ponto de vê Adão sozinho no Éden, Ele como conhece a carência de sua criatura resolveu gerar alguém igual a ele, com sexo, detalhes diferentes que na verdade complementaria toda a solidão. O homem e a mulher fazem parte do propósito de Deus, foi Deus quem fez um para o outro, por isso que a união através do namoro, noivado e casamento faz parte do projeto de Deus. "Mas, se não conseguem controlar-se, devem casar-se, pois é melhor casar-se do que ficar ardendo de desejo." (1 Coríntios 7. 9)
  • O casamento é para auxiliar um ao outro.
Se alguém pensa que casamento é para tornar-se feliz, está redondamente enganado! Casamento não é para se tornar feliz, mas para fazer alguém feliz! A Palavra é clara que no casamento nós devemos auxiliar um ao outro, não querer ser somente auxiliado duma forma egoísta, por isso muitos casamentos destroem, porque os conjugues esquecem-se que tudo no casamento é meio a meio, por isso termina um lado explorando o outro, e o outro lado torna-se prejudicado, enquanto o que está explorando torna-se sedentário.

Muitas vezes as mulheres reclamam porque os maridos são ruins e acham que não devem ser submissas a eles, mas veja o que a Palavra nos diz: "Mulheres, sujeite-se cada uma a seu marido, como ao Senhor, pois o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, que é seu corpo, do qual ele é o Salvador." (Efésios 5. 22, 23)
  • O casamento é para corresponder-se um ao outro.
Não há casamento que apenas um seja correspondido, pelo contrário, os dois é que são correspondidos no amor um pelo outro. Muitas vezes alguns maridos chegam cansados do trabalho e acham que não tem mais responsabilidade com as mulheres, ou com os filhos; pelo contrário, é aí que tem responsabilidade. O marido tem que amar a sua esposa, dedicar-se a ela, ser fiel e atender as suas necessidades. A responsabilidade de amar da mulher é alta, mas não tão alta como a do marido: "Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e filhos." (Tito 2. 4)

Observe agora o quão grande é a responsabilidade de amar do marido do que o amar da mulher: "Maridos, ame cada um a sua mulher, assim como Cristo amou a igreja e entregou-se por ela para santificá-la, tendo-a purificado pelo lavar da água mediante a palavra, e para apresentá-la a si mesmo como igreja gloriosa, sem mancha nem ruga ou coisa semelhante, mas santa e inculpável. Da mesma forma, os maridos devem amar cada um a sua mulher como a seu próprio corpo. Quem ama a mulher, ama a si mesmo. Além do mais, ninguém odiou o seu próprio corpo, antes o alimenta e dele cuida, como também Cristo faz com a igreja. Portanto, cada um de vocês também ame a sua mulher como a si mesmo, e a mulher trate o marido com todo respeito." (Efésios 5. 25-29, 33)
  • Dois em um, o alvo do casamento.
A Palavra nos chama a ser um. Unidade no casamento é propósito de Deus, sem mistérios, unidade, único propósito, único desejo, único pensamento! Não há casamento sem unidade. Ninguém pode mudar ninguém, apenas Cristo, cabe a nós casados aceitar o problema um do outro e conviver com isso. O amor supera tudo, por isso temos que superar as barreiras e tornar-mos um.

Por acaso se alguém pensa que irá mudar o outro está enganado. Casamento não muda ninguém, pelo contrário, na convivência é aí que os erros se tornam mais claros e visíveis, apenas o amor é que pode superar todas as coisas e transformar esses erros em costume e convivência. Por isso ame, submeta-se, respeite, seja fiel e ore.

Conclusão

Descobrimos então que o casamento é propósito de Deus. Aprendemos que Deus criou o casamento, sabemos que Ele zela o casamento porque foi o primeiro propósito ao criar o homem. Aprendemos que a mulher e o homem têm que corresponderem-se um ao outro, como também aprendemos que na mulher deve haver submissão, como no homem o amor profundo, ao ponto de lutar e entregar-se por ela. Vemos também que a unidade deve ser mantida, indiferente das diferenças um do outro.
3 Responses
  1. Deus é fiel em tudo que faz. e na vida do casal não é diferente. Devemos viver um para o outro e ambos para glória do nosso DEUS!


  2. Concerteza Religene Santos, o plano de Deus é algo perfeito. Temos de pregar esse maravilhoso plano e vivê-lo, afinal foi criado por nosso bom e maravilhoso Deus.


  3. Anônimo Says:

    peço oração pelo meu casamento meu marido diz que nao me ama mais e q vai abndona nosso lar tenho 2 filhas pequena e estou desesperada mas creio q deus vai restaurar meu casamento peço a tds q me ajudem em oração ja tem 2 meses que meu esposo nao fala comigo ele vive como se fose solteiro e me despresa me ajudem.